Pesquisar
Pesquisa Avançada

EnANPAD 2019

Trabalhos Apresentados


O Papel das Capacidades de TI no Desempenho de Processos: Um Estudo Sobre as Fintechs Brasileiras


Informações

Código: ADI525
Divisão: ADI - Administração da Informação
Tema de Interesse: Tema 07 - Transformação Digital

Autores

Maurício Bergmann (Prog de Pós-Grad em Admin/Esc de Admin – PPGA/EA/UFRGS - Universidade Federal do Rio Grande do Sul) mauricioadm13@gmail.com
Antonio Carlos Gastaud Maçada (Prog de Pós-Grad em Admin/Esc de Admin – PPGA/EA/UFRGS - Universidade Federal do Rio Grande do Sul) acgmacada@ea.ufrgs.br
Yves Wanderley Estanislau da Costa Netto (Prog de Pós-Grad em Admin/Esc de Admin – PPGA/EA/UFRGS - Universidade Federal do Rio Grande do Sul e Prog de Mestr em Admin e Negócios/Faculdade de Admin, Contab e Economia – PPGAd/FACE/PUCRS - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul) yves.costa@ufrgs.br

Resumo

O setor financeiro está cada vez mais dependente da digitalização de seus processos, produtos e serviços, o que levou ao desenvolvimento das fintechs. Este trabalho busca identificar o papel das Capacidades de Tecnologia da Informação (CAPTI), especificamente das Capacidades de Infraestrutura de TI (CITI), Capacidades Humanas de TI (CHTI) e Capacidades de Gestão de TI (CGTI) no Desempenho de Processos (DP) das fintechs brasileiras. Uma survey foi realizada com uma amostra por conveniência que resultou em 81 respondentes, em sua maioria o Chief Executive Officer (CEO) das fintechs, que forneceram dados. SPSS e SmartPLS 3.0 foram utilizados para executar técnicas estatísticas multivariadas para análise de dados. Os resultados mostram que as CHTI e CGTI estão diretamente relacionados ao DP. Por outro lado, a análise multigrupos baseada no tamanho da firma e no tempo de atuação mostra que apenas o fator tamanho da firma influencia as CGTI. Das três hipóteses propostas, duas foram suportadas.

Abrir PDF